3 motivos para a Gestão de Mudança não dar certo e 10 possíveis soluções

gestao de mudanca

A newsletter de abril traz um tema que pode acontecer no seu dia a dia, mesmo com toda a sua dedicação e conhecimento: gestão de mudança não dar certo.

Durante os meus estudos, encontrei muitos textos falando sobre os erros e desafios deste tema. Acredito que mais do que a parte técnica, gestão de mudança é uma atividade que mexe bastante com o comportamental e afeta diretamente os resultados da organização.

As atividades mudam devido aos requisitos do cliente, das partes interessadas ou até da própria organização e se essas mudanças não são gerenciadas ou são mal gerenciadas, podem causar maior consumo de tempo e recursos.  No pior dos casos, as pessoas podem voltar para a situação anterior, mesmo depois da mudança implementada.

Agrupei 3 erros clássicos que podem acontecer durante a gestão de mudança:

Erro 1 - Comportamentos negativos da equipe, como por exemplo: 

  • Não entendimento da mudança 

  • Resistências: passividade, agressividade, ansiedade, tensão, arrogância, prepotência ou falta de confiança

  • Ausência de argumentação, para depois culpar a equipe de implementação, caso algo dê errado

  • Reclamações de estar incluído nesta atividade ("isso é coisa da Qualidade")

  • Colaboradores que parecem estar implementando a mudança, mas escondem que estão fazendo do jeito antigo, caso o jeito novo não funcione

Erro 2- Erros da equipe de implementação

  • Não preenchimento do formulário de gestão de mudanças com calma e atenção

  • Não há uma pessoa responsável por supervisionar a implementação do plano de ação

  • Preguiça de fazer um plano de ação detalhado com uma estratégia definida (“isso é óbvio”)

  • Comunicação ausente ou falha entre os membros da equipe

  • Não sabem lidar com a resistência dos colaboradores, levando para o pessoal ou não vendo o real motivo da resistência (ex: interrupção da rotina, vergonha de dizer que não sabe realizar a atividade do nova maneira, chateados com insinuação de que o trabalho deles não faz mais sentido)

Erro 3 - Rigidez nos processos e procedimentos

  • Ausência do método documentado para a gestão de mudança

  • Apenas uma pessoa pode indicar a mudança ao invés de ser responsabilidade de todos (multidisciplinar)

  • Não ter uma priorização das mudanças

Se tem problema, temos que identificar também as soluções.

Os estudos também nos indicam algumas: 

  1. Treinar toda a equipe para que todos estejam cientes de suas responsabilidades, modificando o comportamento para uma atitude positiva, questionadora e colaborativa, esclarecendo quais comportamentos são aceitáveis ​​e quais são inaceitáveis

  2. Encorajar e engajar a equipe com prudência, transparência e paciência para fortalecer o comprometimento, participação e diminuir as resistências

  3. Incentivar, colaborar e despertar as manifestações das novas ideias

  4. Acompanhar, monitorar e analisar cada fase da mudança de perto, observando os resultados

  5. Organizar a mudança em um modelo de “projeto” com um responsável pela mudança

  6. Exigir o cumprimento dos acordos estabelecidos

  7. Solicitar o envolvimento e a participação total da equipe de projeto e das lideranças

  8. Repartir, dividir e compartilhar com todos os resultados, os pontos positivos e os pontos negativos

  9. Analisar as falhas e definir posturas para que não aconteçam mais

  10. Estimular, reconhecer, agradecer e incentivar os desempenhos individuais e valorizando os que lideraram e acreditaram nas mudanças propostas

✅ Esses são os 3 erros e as 10 sugestões para resolver os erros. Você já presenciou algum desafio ou solução em gestão de mudança não incluído nesta listagem? Como tem sido a gestão de mudança na organização onde você trabalha?

Abraços, Patricia

(newsletter publicada em abril de 2021)

Deixe aqui o seu comentário! :)