Plano da Qualidade e requisitos em projetos

Quais situações se deve usar um Plano da Qualidade?

Existem várias situações em que os Planos da Qualidade podem ser úteis ou necessários, por exemplo:
a) para mostrar como o sistema de gestão da qualidade da organização se aplica a um projeto
b) atender aos requisitos do cliente, outras partes interessadas ou da própria organização
c) desenvolver e validar novos produtos, serviços ou processos
d) demonstrar, interna e / ou externamente, como os requisitos serão atendidos
e) organizar e gerenciar atividades para atender aos requisitos e objetivos da qualidade
f) otimizar o uso de recursos no cumprimento dos objetivos da qualidade
g) minimizar o risco de não atendimento aos requisitos
h) controlar o estabelecimento de uma organização, local ou acordo de parceria novo ou modificado
i) como base para o monitoramento e avaliação do cumprimento dos requisitos de qualidade
j) na ausência de um sistema de gestão estabelecido

Que norma ISO trata de Planos da Qualidade?

ABNT NBR ISO 10005, Sistemas de gestão da qualidade – Diretrizes para planos da qualidade: provê orientação para o estabelecimento e utilização de planos da qualidade como meios de relacionar os requisitos de processo, produto, projeto ou contrato, para trabalhar métodos e práticas que apoiem a realização do produto.

Os processos referenciados em um Plano de Qualidade podem interagir:

  • entre si (interações entre os processos do plano de qualidade);

  • com outros processos operados dentro do sistema de gestão da organização;

  • com processos operados em outras organizações (como clientes e fornecedores externos).

Ao considerar como gerenciar seus processos e suas interações, a organização pode abordar isso por meio de um Plano de Qualidade, tendo ou não um sistema de gestão da qualidade.

Os benefícios de estabelecer um plano de qualidade são:  maior confiança de que os requisitos serão atendidos, maior garantia de que os processos estão sob controle, motivação aos envolvidos e fornecimento de informações sobre oportunidades de inovação e melhoria.

Me dá um exemplo de considerar requisitos estatutários e regulamentares nos projetos?

Depois de 137 anos, a Basílica da Sagrada Família em Barcelona possui a documentação correta da prefeitura para terminar a sua construção, conforme projetado pelo arquiteto Antoni Gaudí. Isto é, desde 1882 a construção deste monumento não estava conforme as leis da região.

Pela ISO 9001, os requisitos podem ser estatutários, regulamentares e os considerados necessários pela organização.

De uma forma resumida:

  • Requisito é uma necessidade ou expectativa que é declarada, geralmente implícita ou obrigatória

  • Requisitos estatutários são requisitos obrigatórios especificados por um órgão legislativo

  • Requisitos regulamentares são requisitos obrigatórios especificados por uma autoridade com mandato de um órgão legislativo

A necessidade de determinar os requisitos para produtos e serviços está descrita na ISO 9001, no requisito 8.2.2 e está associada ao princípio da Qualidade chamado "Foco no Cliente".

E todos estes requisitos podem estar descritos no Plano da Qualidade do projeto!

Se você precisa elaborar um Plano da Qualidade para o projeto da organização, mas não sabe como utilizar na prática ou como elaborar um documento eficiente que traduza os recursos, responsáveis e procedimentos aplicáveis sem dificuldade?

O Kit Completo - Plano da Qualidade é para você! Clique aqui e garanta o seu para que você possa iniciar essa documentação com mais facilidade e adequando as características do seu projeto.

Deixe aqui o seu comentário! :)